Espaço Terapêutico Movimentos - Medo x Coragem
Espaço Terapêutico Movimentos - Medo x Coragem

Medo X Coragem

A gente pode falar sobre o medo? Vc tem coragem para isto?

Então, vamos reconhecer: ele existe.

É bom que estejamos de acordo sobre isto.

Eu tenho medo, você tem medo, eles tem medo,  elas tem medo… nós temos medo.

E, não adianta disfarçar, fingir que ele não é seu, que nada tem a ver com você, não é mesmo?

Medo é uma coisa estranha, que parece ter vida própria e se transformar num outro ser, e facilmente o caracterizamos como monstros.

‘Monstros S/A’ foi muito feliz em trazer essa imagem e muitas coisas relacionadas com o medo, como por exemplo, ele surgir de um armário escuro. Normalmente é isso o que queremos fazer, guardá-lo bem guardado no fundo do armário e trancar a porta. Mas, sabe o que costuma acontecer quando o deixamos ali?!  Escondido, inacessível, na parte mais escura do espaço que nos pertence?!

Ele cresce!

Medo escondido ganha força.

Então, o melhor a fazer é trazê-lo à luz. E reconhecer exatamente qual é seu tamanho e onde ele se sente mais satisfeito em atuar.

Sei o quanto isso exige de coragem, e que às vezes, é preciso uma mão confiável para segurar e empenhar tal tarefa. E você pode procurar um terapeuta para te apoiar.

Mas, lembre-se, você é dono desse medo e pode domá-lo.

Olivia Gonzalez

Terapeuta corporal, terapeuta floral, aconselhadora biográfica, astróloga e facilitadora de biodança. Coordenou projeto 'Cuidando de quem cuida através da massagem' no Amparo Maternal e realiza workshops sobre as leis biográficas no processo de desenvolvimento humano, fundamentadas na antroposofia.

Deixe um comentário